História: A incrível viagem do barquinho de papel

Barquinhos de papel despertam a imaginação. Baixe e imprima o livro com a história “A incrível viagem do barquinho de papel”. Leia e brinque com a turma.

Você sabe fazer barquinho de papel? Já brincou com um? Barquinhos de papel são uma obra de engenharia, poesia estética e provocadores de brincadeiras, pesquisas e narrativas.
Na minha infância um primo contou uma história de aventura com barquinho de papel que nunca esqueci. Já sonhei muito com essa narrativa emocionante e surpreendente. Hoje transformei ela num livro para compartilhar com nossos leitores: A incrível viagem do barquinho de papel.  Aproveite para ler, imprimir as cenas e brincar com sua turma. Proponha explorações estéticas e científicas nas mil possibilidades desse brinquedo de dobradura que desafia sonhar.

BAIXE O LIVRO:livro-a-incrivel-viagem-do-barquinho-de-papel

a-incrivel-viagem-do-barquinho-1a-incrivel-viagem-do-barquinho-2a-incrivel-viagem-do-barquinho-3a-incrivel-viagem-do-barquinho-4a-incrivel-viagem-do-barquinho-5a-incrivel-viagem-do-barquinho-6a-incrivel-viagem-do-barquinho-7a-incrivel-viagem-do-barquinho-8a-incrivel-viagem-do-barquinho-9a-incrivel-viagem-do-barquinho-10

Sugestões para a contação e para brincadeiras

Prepare um barquinho de papel antes de contar a história. Pode fazê-lo na frente das crianças – mas não precisa ser uma “aula de fazer barquinho de papel” porque acreditamos que depois da história elas vão se interessar pelo assunto. É possível que você tenha que repetir a história algumas vezes, então faça barquinhos de reserva.

barquinhos-de-papelConte cada passagem fazendo mímica com o barquinho e, se achar importante, mostrando as cenas impressas do livro. Imite os gestos de navegação – tranquila e agitada. Com uma mão faça uma pedra e com a outra balance o barquinho que atravessa a tempestade até bater nela. Assopre e faça o vento do final da história e não esqueça de dar o tempo para cada pequeno se manifestar, imitar e acompanhar a aventura. Quando chegar no final, monte um cantinho com uma ou mais cópias do livro, a “camiseta do capitão” da história que você contou, alguns barquinhos e deixe a imaginação correr solta.

Uma aventura para cada um…

Em outra ocasião prepare um barquinho de papel para cada criança e conte a história novamente, com a partição dos pequenos. Se as crianças forem maiores, os barquinhos podem ser feitos por elas, acompanhando seus gestos. No final, a sala já organizada com lápis de cor ou giz de cera, convida para colorir as camisetas de papel.

Pesquisa dos fenômenos e propriedades físicas…

criancas-brincando-na-poca-com-barquinhoO barquinho de papel flutua? Ele afunda? Ele pode levar um bonequinho para viajar?

Num dia de sol, prepare na área externa barquinhos de papel, bacias e baldes com pelo menos 5 cm de água e alguns objetos pequenos para desafiar a pesquisa. Pense em objetos leves, pesados, maiores e menores que os barcos e alguns bonequinhos que possam estimular o jogo simbólico.

Observe e intervenha pontuando os fenômenos que os pequenos vão descobrindo:

  • criancas-brincando-de-assoprar-barquinholeve/pesado
  • Flutua/afunda
  • Grande/pequeno
  • Aguenta/não aguenta

Amplie a pesquisa assoprando os barquinhos e perceba o que os pequenos descobrem.

Brinque, divirta-se, registre e reflita sobre a sua prática para descobrir novos caminhos para trabalhar com as crianças.

Navegue pela aventura…

criancas-brincando-com-barquinho-na-bacia

♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦ 

Outros livros do Blog Tempo de Creche:

2 pensamentos em “História: A incrível viagem do barquinho de papel”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *