Apareceu lagartixa na creche? Que tal transformar o fato no “Projeto Lagartixa”?

Apareceu lagartixa na creche? Que tal transformar o fato no “projeto lagartixa” e ampliar a pesquisa com história, brincadeira de corpo, música e artes?

As lagartixas são animais da família dos jacarés (répteis) e se parecem com eles, em tamanho bem reduzido. Podemos encontrá-las nas florestas e dentro das casas. Quando isso acontece, pode ser uma sensação entre a garotada! Se surgiram na creche ou na roda de conversa, o tema pode se transforma em “Projeto Lagartixa” e ampliar a pesquisa.

imagens Lagartixas domésticas

As lagartixas das casas vieram da África, da terra dos leões e elefantes, e moram aqui no Brasil há centenas de anos. Elas se alimentam de mosquitos (inclusive dos pernilongos e dos mosquitos da dengue!), mariposas, baratas, formigas e até de aranhas venenosas. Elas passam o dia paradinhas, só esperando os bichinhos que vão comer chegarem perto. Quando eles estão distraídos, elas avançam lentamente e dão uma rápida mordida! Continue lendo “Apareceu lagartixa na creche? Que tal transformar o fato no “Projeto Lagartixa”?”

Brincando com as culturas indígenas

Pensando nas crianças da Educação Infantil, como selecionar conteúdos que sejam significativos e provoquem o interesse e o conhecimento em relação as culturas indígenas? Como brincar com estas ideias e outros modos de ver o mundo?

Estamos em abril e no dia 19 deste mês comemora-se o Dia do Índio.

Por quê?                   Para que?                       Como?                         Quando?

Podemos pensar um pouco mais no que esta data e a cultura indígena representam.

Yanomami 6

*Curumim: palavra de origem tupi que significa criança. 

seta horizontal

Que tipo de informação queremos transmitir para as crianças? O que elas entendem?

seta horizontalO que sabemos sobre essas pessoas que vivem neste mesmo lugar, que chamamos de Brasil?

seta horizontalComo é o indígena brasileiro? Quais são suas crenças?  Como é sua cultura? Como brincam?

Estas são algumas das perguntas que nos fazemos sempre que o Dia do Índio se aproxima. Hoje, o que sabemos deles é o que a televisão nos conta e muitas vezes o foco das matérias não são as crenças e as culturas indígenas. Algumas regiões, pela proximidade com as aldeias, possuem um contato e uma convivência maior. Continue lendo “Brincando com as culturas indígenas”

Vamos conhecer e brincar com a música indígena brasileira?

As pesquisadoras e musicistas, Magda Pucci e Berenice de Almeida, fizeram uma expedição sonora em oito comunidades indígenas brasileiras. No livro A Floresta Canta! – Uma expedição sonora por terras indígenas do Brasil publicado pela Editora Peirópolis, elas contam a partir dos registros em seus diários, as tradições culturais destas comunidades e a linguagem utilizada para transformar elementos da natureza música.

As pesquisadoras e musicistas, Magda Pucci e Berenice de Almeida, fizeram uma expedição sonora em oito comunidades indígenas brasileiras. No livro A Floresta Canta! – Uma expedição sonora por terras indígenas do Brasil publicado pela Editora Peirópolis, elas contam a partir dos registros em seus diários, as tradições culturais destas comunidades e a linguagem utilizada para transformar elementos da natureza música.

instrumento 3Muitas dos hábitos, palavra e alimentos que hoje fazem parte do dia a dia de todos nós tem sua origem nas culturas indígenas.

  • Por que tomamos banho diariamente? Os portugueses quando chegaram ao Brasil não tinham o habito do banho diário, os indígenas tinham. 
  • Por que gostamos de nos deitar em redes? Podem imaginar?
  • O que quer dizer carioca? 
Cari = dos carijós, homem branco
Oca = casa, morada
Cari + Oca = Carioca

No livro tem outras palavras, nomes de alimentos, locais e hábitos que tem sua origem nas raízes indígenas. Continue lendo “Vamos conhecer e brincar com a música indígena brasileira?”

Coelhinho da Páscoa o que trazes para mim?

Por quê temos ovos e coelhinho na Páscoa? Qual a cultura que envolve essa comemoração e como podemos trabalhá-la na creche? Veja o post que fala sobre tradição, cultura e atividades!

Pedro Coelho - PáscoaTodo o ano a Páscoa acontece num final de semana para muitas religiões.

Mas por que temos coelhinho e  ovinhos envolvidos nessa celebração?

Na mídia e para as crianças pequenas a entrega dos ovinhos é feita por um coelho de olhos vermelhos e pelo branquinho. A música Coelhinho da Páscoa, muito cantada e tocada, faz criar este registro no imaginário de cada pequeno. E a fantasia fica mais intensa quando encontram, ao amanhecer do domingo de Páscoa, pegadas e “restos” de cenoura espalhados por todos os lados.

Falando de tradições …

coelhinho no jardimA cultura brasileira da Páscoa foi formada a partir de algumas tradições. Contam que  esta forma de se comemorar chegou ao Brasil através da imigração alemã. Era comum na Alemanha, há muito tempo, os pais pintarem ovos de galinha cozidos e esconderem no quintal das casas para que as crianças os encontrassem no domingo de Páscoa. Esta agitação, o corre, corre, animava também os animais caseiros, e, com eles, os pequenos coelhos, que saiam de suas tocas e começavam a correr. Continue lendo “Coelhinho da Páscoa o que trazes para mim?”

A importância do brincar

O Direito de Brincar da Teoria a Prática – atividades para refletir e conscientizar sobre essa importância e a criação de espaços lúdicos. Tempo de Creche participou do Seminário O Direito de Brincar: da teoria à prática, realizado no SENAC Consolação e Biblioteca Infantil Monteiro Lobato nos dias 10 e 11 de novembro.

“É no brincar, e talvez apenas no brincar, que a criança ou o
adulto fruem sua liberdade de criação”.
(Winnicott, 1975)

A atividade lúdica se revela e nos mostra todo o seu significado mais profundo quando compreendemos a relação existente entre ela e o processo de desenvolvimento global do sujeito.

Para as crianças o importante mesmo é viver este universo lúdico que integra a vida. Mas, para os educadores, a atividade lúdica possui função que auxilia no aprendizado infantil, constituindo-se como momentos necessários na vida de qualquer indivíduo.

O Direito de Brincar da Teoria a PráticaPara refletir e conscientizar sobre essa importância e a criação de espaços lúdicos, a equipe do Tempo de Creche participou do Seminário O Direito de Brincar: da teoria à prática, realizado no SENAC Consolação e Biblioteca Infantil Monteiro Lobato nos dias 10 e 11 de novembro. Foi organizado pela IPA Brasil (filiada a IPA internacional – International Play Association) [www.ipadireitodebrincar.org.br] e ABBri – Associação Brasileira de Briquedotecas [www.brinquedoteca.org.br] Programados 5 painéis com temas relevantes e com repercussão em relação a percepção da necessidade do brincar, não só da criança pequena, mas em todas as faixas etárias. Estes temas proporcionam conteúdos de reflexão e aprendizagem constante para todo profissional que trabalha na educação Infantil.

1º dia – 10 novembro 2014
Painel 1: – Brincar como Direito – marco legal e responsabilidades
Painel 2: – Brincar – benefícios, riscos e desafios
Painel 3: – Espaço e Tempo para brincar
 
2º dia – 11 novembro 2014
Painel 1: – Brincar e Saúde
Painel 2: – Formação profissional a serviço do brincar

No período da tarde no segundo dia, várias oficinas com propostas lúdicas foram realizadas na Biblioteca Monteiro Lobato. Tempo de Creche selecionou uma que pode interessar as crianças maiores, por conta do grande desafio que é pular corda e do tempo de confecção. Como pensar oficinas brincantes?! O espaço externo da Biblioteca Monteiro Lobato é bem amplo e bastante frequentado pelos moradores do bairro. As diferentes oficinas organizaram com mesas, cadeiras e tecidos ou rodas, os vários ambientes, para delimitar e reunir os participantes interessados em cada uma. Oficina de brincar 5

Imagens 1: Ler é brincar? Brasil Leitor; 2: Brinquedo se faz? Espaço Brincar; 3:arte-arquitetura para crianças, Jorge Raedó*; 4 Contar historias é brincar, Fábio Lisboa/Viva e deixe viver)

Continue lendo “A importância do brincar”

Atividade: a arte da arquitetura para crianças

Arquitetura é a arte de pensar os espaços em que vivemos e faz parte do desenvolvimento das crianças construir sua ocupação. Postamos uma atividade que tem tudo a ver com isso!

Atividade Ser Humano bonecos

Arquitetura é para todos, inclusive para crianças!

E por quê podemos pensar em arquitetura para crianças? Porque arquitetura é a arte de pensar os espaços em que vivemos. Porque faz parte do desenvolvimento das crianças construir sua ocupação nos espaços, nos tempos e nas relações. E os ambientes tem tudo a ver com isso!

Captura de Tela 2014-11-06 às 21.26.49Nesse sentido, Amag!, uma revista virtual de arquitetura para crianças, realizada por arquitetos-artistas de vários países, apresenta artigos e propostas lúdicas para que crianças experimentem, investiguem e se relacionem com esta arte que nos cerca, nos abriga e nos envolve.

Tempo de Creche conheceu o site e a iniciativa e destacou uma atividade que vai cativar e favorecer muitas pesquisas e descobertas. Continue lendo “Atividade: a arte da arquitetura para crianças”

História: Carolina e o Baile de Máscaras dos Monstros

História: Carolina e o Baile de Máscaras dos Monstros
Tempo de Creche propõe uma divertida e interativa história de monstro que pode estimular atividades lúdicas e vivências artísticas para trabalhar o medo.

historia de monstro

Tempo de Creche propõe uma divertida e interativa história de monstro que pode estimular atividades lúdicas e vivências artísticas para trabalhar o medo.

Crianças adoram história de monstro. Na verdade adoram e temem ao mesmo tempo, porque, até os 5 anos muitos temores afloram de maneira mais intensa. O medo é parte da natureza humana funcionando como um alerta para perigos reais. As crianças iniciam o amadurecimento deste estado emocional na primeira infância. Os medos amigos são aqueles que nos enviam os sinais de perigo e os medos inimigos podem tolher e fechar a criança emocionalmente. Ajudá-las a identificar os tipos de medo auxilia o processo de desenvolvimento infantil.

Experiências lúdicas, representações por meio de brincadeiras e desenhos são treinos e formas de contribuir com o amadurecimento saudável de lidar com os anseios. Continue lendo “História: Carolina e o Baile de Máscaras dos Monstros”

Historia: o Leão e o Ratinho

Adaptamos uma fábula clássica de Esopo para desenvolver a narração com a participação das crianças.No enredo incluímos listas de animais, frutas e modos em que o ratinho suplica ao leão que salve sua vida. Convide as crianças para esta aventura na floresta!

 

História Leão e Ratinho Blog

Esta é uma fábula clássica de Esopo que adaptamos para desenvolver a narração com a participação das crianças.

No enredo incluímos listas de animais, frutas e modos em que o ratinho suplica ao leão que salve sua vida.

No caso dos animais e frutas você pode trabalhar com a turma apresentando figuras para que eles identifiquem ou pedir que digam os animais e frutas que imaginam encontrar na floresta da história.

No momento em que o ratinho implora pela vida, você pode pedir para as crianças imitarem o ratinho.

Este tipo de atividade pode ser repetida diversas vezes porque as crianças sempre estão em momentos diferentes e você pode criar variantes para ampliar a experiência.

Boa aventura! Continue lendo “Historia: o Leão e o Ratinho”

A descoberta do vento – parte 2

2a. parte da proposta de descoberta do vento apresentamos uma construção de cortina de canudinhos e algumas obras de arte que também brincam com o fenômeno. Mergulhe nessa pesquisa com a sua turma!

imagens atividade Vento cortina de canudos

Que tal estender a pesquisa do Vento, iniciada com as propostas do post A descoberta do vento – parte 1, para crianças a partir de 1 ano, e propor para os maiorzinhos (a partir de 2 anos) a confecção de uma cortina de canudinhos muito interessante? Continue lendo “A descoberta do vento – parte 2”

A descoberta do vento – parte 1

O vento desta época do ano talvez seja tema de curiosidade e pesquisa das crianças. Ele pode puxar atividades que estimularão a investigação e a descoberta. Conheça a primeira parte deste planejamento interessante e estimulante!

Nesta época do ano, com o frio batendo nas janelas e nos pátios, o contato com a natureza tem que ser considerado e nunca deixado de lado! Criança precisa do ambiente externo e natural: foram feitos um para o outro!

experiência infantil com vento 1

O vento, tão presente nesta época, talvez seja tema de curiosidade e pesquisa das crianças. Se este for o caso da sua turma, ele pode puxar um planejamento com uma sequência de atividades que estimulará a investigação e as descobertas. Continue lendo “A descoberta do vento – parte 1”