Experiência: rola, enrola e pinta!

Uma proposta divertida. Muita experiência e aprendizagem para conquistar: pintura com rolinhos e plástico bolha. Conheça essa sugestão!

pintura com rolos e plástico bolhaCom as crianças voltando das férias, o gás para aventuras e novas pesquisas está renovado. E dá-lhe buscar inspiração para acompanhar a turma. Pesquisamos uma técnica interessante para pintar, provocar e trabalhar a criatividade e a motricidade.

Rolinhos de Plástico Bolha

Rolar, enrolar, girar e torcer: uma categoria de movimentos divertidos que as crianças pequenas gostam de fazer. Uma pista para o professor mediar e ampliar.

I – A dica é começar a trabalhar o corpo todo e depois passar para as mãos. Pesquise e selecione uma música provocante – se tiver na letra uma referência aos movimentos de enrolar e girar, melhor! Apresente para os pequenos e mergulhe na dança. Gire o corpo, deite no chão e role, use os braços para fazer movimentos circulares e, sem falar, convide os pequenos a se inspirarem nos seus movimentos. Crianças começam a aprender imitando. Continue lendo “Experiência: rola, enrola e pinta!”

Buracos incríveis! Um brinquedo provocativo para bebês

Que tal aprender um brinquedo que pode desfiar bebês a partir de 12 meses? Conheça os BURACOS INCRÍVEIS!

A partir dos 12 meses os bebês vão aprofundando o conhecimento a respeito do universo ao redor. Isso é fruto de muita pesquisa e investigação. Eles querem conhecer os objetos, saber como podem ser usados e entender as suas propriedades físicas… é isso mesmo! Eles amassam? Fazem barulho quando caem? São frios? São gostosos de lamber? Se brinco com eles, consigo provocar alguém? É aproveitando essa incrível vontade de brincar aprendendo que pensamos num brinquedo que pode provocar os pequenos cientistas: Buracos incríveis!

Brinquedos para bebes buracos incríves

Um menino e um cachorrão com a boca aberta para receber tudo aquilo que se queira colocar dentro!
Um prato de comida que engole objetos.
Um mar de bolinhas onde consigo enfiar mais algumas!
Que desafio! Que viagem!

Buracos incríveis é um brinquedo simples de construir. Basta conseguir pequenas caixas de papelão reforçado, pesquisar fotos nítidas, com contextos significativos para os bebês, e abrir um buraco num ponto estratégico da imagem.

Continue lendo “Buracos incríveis! Um brinquedo provocativo para bebês”

Atividade para bebês: almofadas sensoriais

Como ampliar as experiencias e aprendizagens de bebês de 6 a 12 meses (ou mais)? Conheças as Almofadas Sensoriais!

Na nossa série de postagens sobre Neurociências e desenvolvimento infantil os bebês chegaram aos 6 meses e caminham para o primeiro ano de vida. Isso significa muita conquista! (leia em Neurociência, aprendizagem e desenvolvimento infantil – 6 a 12 meses).
Na primeira infância os pequenos desenvolvem conexões nervosas num ritmo tão acelerado que a capacidade de aprendizagem de novos comportamentos nunca será tão potente e intensa. Como ajudar os bebês de 6 a 12 meses a continuarem seu crescimento? Propomos um brinquedo acessível, amplo e fácil de ser construído para provocar, instigar e contribuir com a pesquisa intelectual, motora e das interações: as almofadas sensoriais.

Ao conhecer os estudos e as teorias sobre o desenvolvimento das crianças bem pequenas, temos a oportunidade de olhar com compreensão para aquilo que planejamos e oferecemos para a turma. Até aqui nossos pequenos já aprenderam muito. Percorreram uma jornada significativa de conquistas especialmente singulares. É a partir dos conhecimentos teóricos e das observações individuais e coletivas das crianças que o educador tem as ‘ferramentas’ para escolher propostas mais apropriadas e planejar sua ação.

Que tal construir brinquedos de largo alcance, divertidos e desafiadores, para instigar os bebês a pesquisar, descobrir, crescer? E dar oportunidades valiosas para você observar e interagir com seus pequenos, contribuindo com as aprendizagens. Continue lendo “Atividade para bebês: almofadas sensoriais”

Atividades para bebês: Caixas Temáticas

Como colocar em prática um trabalho com bebês de 2 a 6 meses partindo de informações da Neurociência? Publicamos Quadros Organizadores com essas informações na postagem anterior. Mas, e agora? Como trabalhar tudo isso?

Oferecemos uma grande quantidade de informações sobre Neurociência e desenvolvimento de bebês de 2 a 6 meses na postagem Neurociência, aprendizagem e desenvolvimento infantil – 2 a 6 meses . Abordamos:

  • como os bebês conhecem e aprendem sobre o mundo,
  • como interagem e se expressam e
  • como se relacionar com eles para conhecê-los e trabalhar no seu desenvolvimento
    E agora? O que fazer com essas ideias?

O desafio do educador é estar preparado para ir ao encontro dos interesses do bebê na sua singularidade. Nesse sentido, precisamos perceber os pequenos, registrar seus percursos e arranjar tempo para fazer tudo isso com qualidade na correria da rotina

Desse modo, os conteúdos da Neurociência servem como referência para conhecer os bebês do grupo e como orientação para a escolha, organização dos espaços, materiais e elaboração de propostas adequadas.

atividades sensoriais para bebês

Continue lendo “Atividades para bebês: Caixas Temáticas”

Experiência de leitor: uma aventura com macarrão

Experiência prática: acompanhe a atividade do berçário da Creche Fraterno com macarrão, conheça o planejamento da proposta e alguns registros dessa aventura de crianças e professores.

Já imaginou poder mexer no prato de macarrão, brincar com as massas e ainda colocar “molhos” de cores diferentes? Essa foi a proposta de atividade da Creche Fraterno, SBC, SP, para um dia de sol luminoso, com crianças de 18 meses.

Fraterno 6A leitora Rosangela L. Gonçalves, coordenadora da Fraterno, nos convidou para conhecer a página da creche no Facebook. Exploramos os registros publicados e descobrimos imagens de bebês de fralda brincando com macarrões de todas as formas e cores. Então pedimos para a equipe para compartilhar essa brincadeira esperta!

As professoras trabalharam a mesma atividade no semestre anterior com as crianças mais jovens. Com o desenvolvimento das capacidades e o amadurecimento da turma, a professora Michelle C. B. Ogêda percebeu que poderia apresentar os materiais novamente e favorecer novas oportunidades de pesquisa mais ampliada.

Nas primeiras fotos dos registros vemos o cuidado na organização do material e no aproveitamento da extensão do espaço para favorecer a movimentação das crianças. Continue lendo “Experiência de leitor: uma aventura com macarrão”