O Começo da Vida: um filme sobre infância para encantar e refletir

Qual a importância dos primeiros 1000 dias do ser humano? Leia sobre o filme O Começo da Vida e aproveite as reflexões da Claudia Siqueira e a equipe do Blog Tempo de Creche

BebêO que a ciência nos fala sobre a importância dos primeiros 1000 dias do ser humano? Como são os laços de amor e cuidado em torno das crianças da nossa sociedade? Não perca a oportunidade de se apaixonar, se informar, sorrir e chorar com o documentário O Começo da Vida. Aproveite as reflexões da Claudia Siqueira, diretora do Instituto Sidarta, e da equipe do Tempo de Creche, para despertar, discutir e se aprofundar sobre os conteúdos do filme.

Participamos de um “cine debate” sobre o filme O Começo da Vida, a convite do Instituto Sidarta, em Cotia, SP. O sensível filme da diretora Estela Renner nos atravessa. Nas falas de pais, especialistas em Neurociências, economistas, jornalistas, educadores e pesquisadores da Infância, a poesia enche o coração e toca fundo na vontade de refletir e repensar as nossas relações com as crianças até os 1000 dias. Continue lendo “O Começo da Vida: um filme sobre infância para encantar e refletir”

Crianças protagonistas das conversas

Registrar a fala das crianças exercita a atenção para o que elas sentem e entendem do mundo. Esse registro de conversas pode aproximar famílias e escolas.

Qual a importância de ouvir a fala das crianças? Falamos na escuta e no registro das colocações que os pequenos fazem sobre o mundo, suas relações com os adultos e as hipóteses que povoam suas mentes. Qual a visão de educadores e famílias a esse respeito?

Escutamos e acolhemos as crianças porque o que elas tem para expressar é importante. Crianças aprendem sempre, especialmente quando se interessam pelo assunto. Nós adultos precisamos identificar esses interesses para proporcionar melhores possibilidades de aprendizagem. Simples assim: se identificamos o que provoca a curiosidade dos pequenos, contribuímos com uma educação significativa que visa mudanças. Isso é falar sobre protagonismo infantil, onde os pequenos encabeçam seus percursos de brincar, pesquisar e aprender. Na postagem Protagonismo Infantil em quatro falas, a pedagoga Alice Proença coloca que o protagonismo só pode ser visto em função de uma relação. Alice diz que ora o adulto é protagonista, ora é coadjuvante. Ser coadjuvante significa estar criando um meio para o outro poder ser o ator principal, neste caso, a criança.

diário de registro das falas das crianças

→  Você tem escutado suas crianças?
→   Também se coloca no papel de coadjuvante para que ela tenha o papel principal?
→   Você provoca situações de conversa para levantar as hipóteses que os pequenos fazem sobre o mundo ao seu redor?
→  Você tem o hábito de registrar as falas captadas nas conversas e também as espontâneas? Continue lendo “Crianças protagonistas das conversas”

Palavra de… Claudia Siqueira: um projeto que escuta as crianças

O que a criança sabe e diz? Escuta e registro para compreender o como a criança constrói sua visão de Mundo. Ação que mobilizou famílias e professores.

– Sabia que tem coisas que só as crianças sabem? Pedro Henrique 5 anos.
– Vem comigo, vamos descobrir a felicidade atrás das flores. Ela mora lá. Fernanda, 4 anos.  
Conversamos com Claudia Siqueira, diretora do Colégio Sidarta, sobre o projeto Impressões Infantis, que valoriza a escuta e o registro da voz da criança.

coleçãoTempo de CrecheComo surgiu o projeto Impressões Infantis com o registro das falas das crianças em casa e na escola?

Claudia – O projeto foi inspirado na pesquisa de Loris Malaguzzi, sobre a escuta genuína ao universo infantil, ou seja, como a criança constrói  sua visão de Mundo. Loris foi um dos idealizadores das escolas Reggianas. Iniciamos esse projeto em 2008 e, portanto, já estamos na 8a edição.

Quando temos a oportunidade de revisitar a nossa história, seja através dos desenhos de infância, dos primeiros cadernos ou de roupas guardadas em belas caixas, ganhamos uma espécie de oxigênio mágico, que traz lágrimas aos olhos, o sorriso escancarado à boca e abraços saudosos, impregnados de lembranças de momentos de nossas vidas que dão significado ao que somos hoje. Continue lendo “Palavra de… Claudia Siqueira: um projeto que escuta as crianças”

Lições e dicas do Colégio Sidarta

Numa visita ao Colégio Sidarta descobrimos lições e dicas preciosas. Acompanhe o que pensa a equipe desta escola de São Paulo que tem como missão pesquisar, experimentar e compartilhar suas aprendizagens

Fomos visitar o Colégio Sidarta, SP, e saímos de lá com muitas dicas e lições.
O Sidarta nasceu em 1998, da iniciativa de um imigrante chinês, Chang Sheng Kai, que queria retribuir a acolhida que o Brasil deu a ele e sua família. Com isso, foi criado o Sidarta como escola de aplicação.
O que isso quer dizer?

Aí vem a primeira lição dessa comunidade: pesquisar o mundo para se pesquisar e se reinventar. A equipe da escola está sempre intranquila. Lá se busca conhecer o que acontece no mundo da Educação, da Ciência e da Cultura para arriscar novos modos. Segundo a diretora Claudia Siqueira, se você não arrisca não aprende. Criamos uma escola para a criança. Enquanto existem escolas oferecendo “metodologias”, a gente procura ser o que a criança precisa.

sidarta_colégio

Assim, o Sidarta é uma referência que cumpre com a missão de levar seus princípios e práticas educacionais para o maior número de pessoas. Tem uma atuação importante na rede pública do seu entorno, abrindo seus conhecimentos em formações continuadas com os educadores. Continue lendo “Lições e dicas do Colégio Sidarta”