Cultura africana e brasileira: mistura de sabores, cores e ritmos

É possível trabalhar a cultura africana na educação infantil? Acompanhe nossas sugestões e a dica de um livro gratuito e disponível para download.

congadaSomos o país que tem a maior população de origem africana fora da África!
Como podemos perceber a importância e a influência da cultura africana no Brasil?
Crianças pequenas podem compreendem esse importante braço da nossa cultura? 
Sim! Elas podem sentir, experimentar, brincar e aprender a partir das nossas heranças culturais.

Neste mês de novembro temos uma oportunidade de refletir sobre as influências africanas, pois no dia 20/11 comemoramos o Dia da Consciência Negra. Em algumas cidades é feriado e o assunto é geralmente veiculado na TV, no rádio e nos jornais.

Essa história começa com a influência cultural trazida pelos escravos africanos para o Brasil e está presente no dia a dia em nossos hábitos e costumes.

História e Cultura Afro-brasileiraO livro História e cultura africana e afro-brasileira na educação infantil foi especialmente preparado para a Educação Infantil e está disponível para download, desde 2104, no portal do MEC Por dentro da África.

A publicação sugere formas para as crianças pequenas explorarem vários sentidos da sua corporeidade, conhecerem cores, palavras, canções, texturas e histórias, produzirem desenhos, participarem de rodas de conversas e estabelecerem relações entre si a partir da cultura africana. São propostos dois temas com roteiros e possibilidades para pesquisar e desenvolver a contação de histórias a partir da cultura dos Griôs e a Capoeira, hoje considerada patrimônio cultural da humanidade. O livro está muito bem organizado e sugere percursos para trabalhar projetos. Porém, os projetos precisam ser flexíveis e responsivos, isto é, devem perseguir a curiosidade e os interesses das crianças, instigadas pelo professor. Porque é assim que criança aprende!

Ampliando a pesquisa!

Quais outros temas da cultura afro-brasileira podem ser abordados? Culinária, ritmos, música e dança, capoeira e festividades regionais.

feijoadaA influência africana na nossa alimentação é um aspecto que pode ser pesquisado a partir dos hábitos das famílias das crianças. Qual família não come angu, cuscuz, pamonha, acarajé, mungunzá, farofa, vatapá, ou não usa o azeite de dendê, o leite de coco e não faz a popular feijoada? Muitas receitas vindas do continente africano foram reelaboradas e fazem parte do nosso cotidiano. Valorizar e apreciar esse conhecimento enriquece as experiências e promove a consciência deste legado cultural.

Outro aspecto bastante rico e que desperta o interesse e a participação dos pequenos são os ritmos e músicas de raiz africana: samba, pagode, Afoxé, chorinho, baião, batuque de umbigada, samba reggae, coco, Moçambique, entre outros.

olodum

Pesquise os ritmos que tenham façam conexão com as raízes culturais das famílias e apresente para o grupo. Deixe que apreciem com os ouvidos e com o corpo, mostre que é possível experimentar os ritmos com o balanço dos braços, cabeça, pernas, quadril… enfim, procure inspirar e convidar para uma brincadeira expressiva.

Para ampliar o mergulho na música de origem africana, procure conhecer também alguns instrumentos de percussão trazidos pelos africanos, como tambores, atabaques, agogô, xequerê e berimbau. Muitos deles são fáceis de serem produzidos com sucatas, sementes e outros materiais comuns. Preparar cestas heurísticas com objetos sonoros é uma maneira de promover a exploração dos ritmos com os menores. Já com os maiores, é possível organizar uma oficina de produção dos objetos.

Combine os instrumentos com as músicas pesquisadas e a brincadeira vai ficar multissensorial e multi expressiva!

A riqueza cultural das festas como do Maracatu, do Bumba meu boi, do Jongo, do Reisado podem encantar as crianças e se transformar em tema de investigação e brincadeira.

reisado-2

 

PARA SABER MAIS…

Na postagem:  História e cultura africana e afro-brasileira na educação infantil

Nos livros:

o-menino-marrom-ziraldo

 

O Menino Marrom de Ziraldo

menina-bonita-do-laco-de-fita_ana-maria-machado

Menina Bonita do Laço de Fita de Ana Maria Machado

 

O cabelo de Lelê o-cabelo-de-lele_valeria-belemde Valéria Belém

 

 

2_meninas-negras_madu-costa

Meninas Negras de Madu Costa

História e cultura africana e afro-brasileira na educação infantil

Uma publicação para download gratuito que tem como objetivo inserir conteúdos que relacionem a história e a cultura da África e dos afro-brasileiros na educação infantil.

História e Cultura Afro-brasileiraNeste ano uma parceria de peso entre a UNESCO, o MEC e a Universidade Federal de São Carlos se formou para elaborar um livro especial para a Educação Infantil: História e cultura africana e afro-brasileira na educação infantil.

A publicação para download gratuito tem como objetivo inserir conteúdos que relacionem a história e a cultura da África e dos afro-brasileiros no currículo da educação básica.

O livro elege duas práticas culturais para realizar trabalhos pedagógicos que privilegiem a expressão africana e a realidade afro-brasileira: o Projeto Espaço Griô e o Projeto Capoeira. Ambos os projetos trabalham com o desenvolvimento humano muito presentes na educação infantil: a oralidade, a corporeidade, a musicalidade, o ritmo e a sociabilidade. Continue lendo “História e cultura africana e afro-brasileira na educação infantil”